Quem sou eu

Minha foto
Campinas, SP, Brazil
menina/mulher, amiga, namorada, esposa, psicóloga, mãe e escrevo nas horas vagas. Descrever-me não adianta, você sempre terá a sua opinião. Eu sou aquilo que você pensa que eu sou. Seja verdade ou não, é a sua verdade. http://twitter.com/talitanlopes

21 março 2013

Histórias não se repetem.




Histórias não se repetem. Não adianta você olhar e admirar, não será igual. Histórias são feitas por pessoas diferentes, com personalidades e escolhas diferentes.
Porque a sua tia não educou bem a filha, não quer dizer que você fará a mesma coisa. Não é porque seu primo é um “galinha”, que seu marido o será. Porque sua mãe traiu o seu pai, não quer dizer que sua esposa será assim.
Se a sua vizinha tem bebê que dorme a noite inteira, não há como dizer que o seu filho fará o mesmo, mas o ame mesmo assim. Porque sua prima casou-se muito bem e o marido é compreensivo e companheiro, pode ser que com você não aconteça o mesmo.
Histórias não se repetem, porque somos pessoas diferentes. Todos os acontecimentos de nossas vidas são do jeito que são, porque nós fizemos decisões, tomamos parte de algo.
Escolha escrever A SUA história. Se as experiências que você observou ao longo da vida foram ruins, faça diferente, mas não o faça só pra provar que sabe fazer diferente, faça porque você quer ser feliz. Por outro lado, se foram boas, não tente copiá-las porque a frustração será imensa, tente fazer a sua.
Os exemplos estão aí, sejam bons ou ruins, cabe a você escolher em quem se inspirar, não copiar.
Seja o autor, não o plagiador! 

02 março 2013

só na ingratidão...

Gente ingrata dá nos nervos! Ou melhor, acho que eu ando me irritando muito facilmente, só pode!
Você socorre e ajuda quando alguém mais precisa e hoje em dia mal recebe um "boa noite". Não, eu não quero dívida de gratidão, Deus que me livre disso, mas o mínimo exigido da tal "boa convivência", isso sim eu exijo.
Você acolhe alguém, faz com que se sinta amada e cuidada, e a pessoa evita olhar no seu rosto pra te cumprimentar. Que tipo de gratidão há aí?
Agora eu quero ver os que te cercam fazer METADE do que foi feito pra VOCÊS no passado. Sim porque, esses sim são vistos com bons olhos e chamados de AMIGOS.
Vai com fé!

só pra desabafo

Daí você percebe que faz muito mais do que pode receber.
Porque ter que entender o jeito da outra pessoa, quando ela não quer entender o seu?
"Aceite-me assim. Porque ou é isso ou nada"? É isso mesmo? Então ok, eu escolho a renúncia.
Investir e colocar esforços pra manter algo que mal começou a nascer, dá muito trabalho. Vamos aí, mantendo as aparências e a superficialidade que outrora a mesma pessoa se gabou de não ter/ser.
Cansei!