Quem sou eu

Minha foto
Campinas, SP, Brazil
menina/mulher, amiga, namorada, esposa, psicóloga, mãe e escrevo nas horas vagas. Descrever-me não adianta, você sempre terá a sua opinião. Eu sou aquilo que você pensa que eu sou. Seja verdade ou não, é a sua verdade. http://twitter.com/talitanlopes

27 outubro 2011

Gianna Jessen Sobrevivente de um aborto parte 1




Por Sara Koefender
Vi esse depoimento já faz algum tempo. Mas recentemente, assisti a uma aula sobre aborto, em bioética, e lembrei dele, assim como lembrei do assunto. A quantidade de abortos demonstrada pelas estatísticas é consequência do egoísmo humano: a minha vida, o meu futuro, a minha faculdade, os meus interesses... E ai daquilo, ou de quem, se intrometer e barrar algum dos meus planos. Por que, ao julgarem estar prontos para vida sexual, não acham necessário se perguntar se estão preparados para a paternidade, uma vez que a gestação (que eu particularmente acho a parte mais assombrosa, maravilhosa e incrível da fisiologia humana) é consequência natural do ato sexual? Além disso os métodos anti-concepcionais são eventualmente falhos.
Por isso é bom andar dentro do propósito de Deus. Quem escolhe andar em obediência, está seguro. O pecado bagunça a vida de qualquer um... mas o caminho do Senhor é perfeito!